A EPIDEMIA ALICE

Na esteira da Alice surgiu de tudo como já foi dito por aí [e aqui]. E não é que Luigi Baricelli também participou de um ensaio para uma marca de roupa encarnando o Chapeleiro Maluco. Parece que todos querem ser Johnny Depp. E não poderia faltar o diastema imaginado por Tim Burton, porque nas ilustrações originais não fica claro se o Chapeleiro tem ou não diastema.

Eu quero ser Johnny Depp!

O filme é muito bom. Uma outra viagem bem diferente dos livros. Mas vale muito a pena.

Uma resposta to “A EPIDEMIA ALICE”

  1. Ainda não fui assistir ao filme.
    Quero muito ir!
    Bjsssssssss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: