TIRADENTES

Ufa! feriado, mais um e logo já vem outro. No entanto, este não é um simples feriado para nós e sim Dia de Tiradentes, talvez um dos primeiros “dentistas” que se tem notícia por aqui. Então, um pouco da história que o levou a profissão:

Em 1755, após o falecimento da mãe, segue junto a seu pai e irmãos para a sede da Vila de São José;dois anos depois, já com onze anos, morre seu pai. Com a morte prematura dos pais, logo sua família perde as propriedades por dívidas. Não fez estudos regulares e ficou sob a tutela de um padrinho, que era cirurgião. Trabalhou como mascate e minerador, tornou-se sócio de uma botica de assistência à pobreza na ponte do Rosário, em Vila Rica,e se dedicou também às práticas farmacêuticas e ao exercício da profissão de dentista, o que lhe valeu a alcunha Tiradentes, um tanto depreciativa. Não teve êxito em suas experiências no comércio.

Um Tiradentes sem barba, diferente do que a história pintou

Um Tiradentes sem barba, diferente do que a história pintou

Foto do http://blogdolele.blog.uol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: