A CORRIDA PELO DOMÍNIO DA LÍNGUA

Como podem ver, dentista não tem só que mandar abrir a boca e sim abrir a boca e em outras línguas. Veja o exemplo do dentista mineiro que de bobo não tem nada.

AMBIÇÃO GLOBAL: O dentista mineiro Rodrigo dos Santos (de óculos) e colegas no curso

AMBIÇÃO GLOBAL: O dentista mineiro Rodrigo dos Santos (de óculos) e colegas no curso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: